#
À Flor da Pele
Érika dos Reis Bernardes


1-16 de 16 artigos

No início dessa semana, não se falava outra coisa: a queda das redes sociais Instagram,Facebook e Whatsapp – que, na verdade, fazem parte da mesma empresa, o Facebook. Essa queda fez com que ficássemos, uma grande maioria da população brasileira, sem rumo. Afinal, de acordo com pesquisas feitas pelo G1, o Brasil é o quarto país que mais utiliza essas redes como forma de comunicação, entretenimento e trabalho. Agora, como isso afeta tanto a vida das pessoas? 1073

Nunca estudei a Bíblia, muito menos fiz catequese. Mas, nas minhas épocas de maior fervor, tentei lê-la, e esse foi o versículo que mais me chamou atenção e acabou me dando uma lição de vida: em Mateus, 7, diz assim: "Não julgueis para que não sejais julgado". Um dos pecados que todo homem moderno comete, com mais frequência, é esse: julgar tudo aquilo que é diferente da cultura, meio social ou crença dele. É quase que natural, afinal julgamos uma pessoa pela aparência nos aplicativos de encontro. Mas até onde podemos confiar nos nossos julgamentos? 441

Se você pensa consigo mesmo: “Eu não consigo cozinhar”, esta Lei faz com que você atraia pessoas que saibam cozinhar divinamente e te desmotivem ainda mais a cozinhar, é como se fosse uma situação para te colocar cada vez mais pra baixo. “Eu sou uma pessoa horrível”, aproximará pessoas incríveis que te farão pensar: “Eu nunca chegarei aos pés dessa pessoa”. 1240

Quando eu tinha 6 anos de idade, eu queria porque queria alisar os cabelos, não gostava do meu cabelo gigante - que era lindo demais. Hoje, parei para pensar, e tive uma pequena explosão de sanidade: em Caxias do Sul, a maioria da população era alemã e/ou italiana, logo, minhas coleguinhas de aula tinham traços de alemães e italianos, sempre de cabelo claro e liso. E eu era a única da minha turma, de cabelo cacheado, e por ser criança, queria ser igual a todo mundo. Eu, realmente, não gostava de andar de cabelo solto. 752

Quando conhecemos alguém, nos encantamos com cada ação da pessoa, tudo na vida é melhor com ela ao lado, queremos ficar toda hora juntinhos dos crush 's que deram certo. Li em um artigo que as substâncias liberadas no cérebro quando se está apaixonado são as mesmas substâncias que liberam ao utilizar drogas - por isso, quando olhamos para a pessoa que estamos apaixonados, a pupila dilata. Só que se usarmos drogas demais, enjoamos ou viciamos, ou nos irritamos com qualquer coisinha que o parceiro faz, ou nos tornamos dependentes a ponto de sufocar o parceiro. 834

Ô coisinha mais difícil para se ter né? Amor-próprio. Muitas vezes, nem percebemos que não o temos, e muitos até não ligam tanto pra isso. 900

Parei para refletir sobre como os pais amam tanto seus filhos. Passam pano muitas vezes nas travessuras deles só por causa do rostinho de criança inocente deles. Não sou mãe, apenas tia, e já sinto um amor incondicional só pelo fato do pequeno Arthur pronunciar uma palavra difícil - fico com cara de boba apaixonada quando ele fala, sério! Qual a magia que os pequenos usam para nos enfeitiçar e nos convencer a passar pano em várias atitudes deles, e cheguei à uma conclusão, pasmem: o rostinho de recém acordei da manhã com aqueles pijaminhas fofos! Esse é o segredo deles! Tenho certeza! 489

Nos dias atuais, um filho pode ser mais uma ajuda financeira em casa, e até mesmo uma oportunidade de ser alguém melhor que seus pais, logo continuam morando com seus pais por mais tempo, até mesmo por ser mais econômico, diante dos valores altos que vemos no país. 737

Depois que terminei o Ensino Médio, me vi em um momento decisivo da minha vida: e agora, o que eu vou fazer? Não estudei para fazer faculdade. Não montei um negócio para começar no mercado de trabalho como micro empreendedora. E muito menos economizei o dinheiro do estágio que fiz no último ano de curso técnico. Passei o ano de 2019 inteiro nesta crise, não chegou à depressão, mas passou perto. Passei pela fase dos “rolês todo final de semana”, pela fase do “filhinha de mamãe”, pela fase da bebedeira... Eu estava perdida. Hoje em dia, já mais madura, não me cobro e me perdoo, estava perdida 1004

A busca por equilíbrio emocional está cada dia mais difícil numa sociedade que, cada vez mais, acha que cobra de nós responsabilidades. Desde cedo aprendemos que a sociedade cobra, a sociedade é a vilã da história. Criamos então, uma auto cobrança de: “Eu tenho que ser equilibrada.” “Eu tenho que agir de tal forma.” “Eu tenho que ponderar.” “Eu tenho que ter paciência” E a raiva por si mesmo aumenta. Afinal, aprendemos o certo e o errado, por que não os realizamos? Nos afundamos na tristeza. Buscar ajuda é o indicado. Mas onde está a força para isso, se nem mesmo sabemos por que estamos assim? 1069

Falar sobre maturidade é relativo. Pessoas mais velhas podem não ser tão maduras quanto jovens, e vice versa. Na adolescência dos nossos antepassados, era cobrada responsabilidade já no âmbito familiar: cuidar da casa, dos irmãos, trabalhar para ajudar nas finanças, quanto mais cedo exercem responsabilidades, seria melhor para sua vida adulta. Esses valores foram passando em gerações. Logo, por conta das experiências que vivemos logo cedo, de crises econômicas, familiares e de relacionamentos, evoluímos nossa maturidade. Algumas pessoas adquirem mais cedo, outras mais tarde. 805

“Eu estava no ponto de ônibus com uma senhora e, de repente, um carro com um senhor de uns 65, 70 anos parou em nossa frente e ofereceu carona. Aceitamos. Nunca tinha passado por situação parecida e não tinha tanto medo de pegar carona quando estava acompanhada de outra mulher. Chegamos ao destino, agradeci e segui meu rumo. Mais tarde, esse senhor reapareceu, cumprimentei-o, e ele, de máscara, pediu para que me aproximasse. Então ele disse: ‘Você conseguiu dinheiro para voltar pra casa?’. Respondi que tava fazendo hora para ir ao dentista. Então ele: ‘Gostaria de ganhar um “cenzinho"? 1348

Sentimentos que podem ter sido estopins para várias guerras: teorias de Hitler apontam que tudo aconteceu porque ele ficou ressentido por uma judia, que o fez sofrer; teorias da Covid dizem que a China está com medo de perder o título de maior potência econômica mundial, logo mostraram quem ainda está no poder “mandando um vírus” para todo o mundo; teorias de que haverá uma guerra entre a região sul do Brasil contra o restante dos estados porque o Sul não é valorizado tanto quanto os outros, por ressentimento… Teorias e mais teorias que, no dialeto popular, fofocas. E na filosofia, falácia. 1038

Quem nunca, pergunta aos adolescentes e adultos, teve dificuldade em compreender e perdoar alguém por algo que ele cometeu de errado? Principalmente, os jovens que descobrem que seus pais não são os heróis da humanidade e, por influência também dos hormônios, acabam não aceitando certas ‘manias’, opiniões e erros deles. É tenso, né? Falar sobre entendimento e perdão gera revolta, indignação... Até mesmo perversidade e violência. Falta de empatia? Muito. Entender que nossos pais também foram adolescentes como nós, é quase impossível nesta sociedade que impõe o ego acima de tudo. 1034

Sou Érika, – oiii – tenho 21 anos e sou uma 'fisólofa' – isso mesmo que você leu, não é erro de digitação. Já que não tenho estudo acadêmico a ponto de filosofar como Platão, Aristóteles, entre outros filósofos. Prefiro me enquadrar no senso comum de pessoas que dão pitaco em tudo. Nas colunas que escreverei – SIM GENTE, EU TÔ NO PORTAL AHORA, TÔ NERVOUSER, MANHÊÊÊ VIREI COLUNISTA – terá assuntos que mexem com a cabeça de qualquer adulto: A MENTE DE UM ADOLESCENTE. Escreverei a verdade nua e crua de um adolescente, mas de uma forma poética e dramática do universo Teen. 1569

​Essa pandemia tem causado grandes crises: econômica, política, na saúde, na educação… Mas diversas famílias têm presenciado também crises de ansiedade e depressão, afinal, com esse isolamento social tivemos que lidar com nosso pior inimigo: nós mesmos. Muita gente se deu de cara com os próprios defeitos, relações familiares, literalmente pararam para refletir o que estavam fazendo com suas vidas, e grande parte se deu conta de que todos os seus sonhos foram descarga abaixo porque precisavam fazer algo para sobreviver. E pra quê? Refleti um pouco sobre, e cheguei a uma teoria mirabolante 1242




As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil