Publicidade


Notícias


Pesquise


SURFEMAIS: O maior manifesto de repúdio já visto no surf brasileiro denuncia irregularidades, descasos e insatisfação com a CBSurf Artigos

SURFEMAIS: O maior manifesto de repúdio já visto no surf brasileiro denuncia irregularidades, descasos e insatisfação com a CBSurf

# por Eduardo Rosa 20-10-2021 há 1 mês 697

  • Tweet

Publicidade

Foi lançado esta semana via redes sociais um dos documentos mais importantes no atual momento do surf nacional, que aponta várias irregularidades, descasos e insatisfações contra a atual gestão da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf).

A diferença agora, é que este manifesto de repúdio é assinado por membros dos mais diversas hierarquias do surf brasileiro, passando por integrantes de quadros técnicos de eventos, tanto estaduais quanto nacionais, bem como por juizes, head judges, beach marshal’s, etc…

Nomes de peso assinam o manifestoAurélio Ramos comenta sua participação no manifesto

Aurélio Ramos (a direita) junto com Rafael Fico Levy, durante o Fico Surf Festival.

Nomes de peso que ocupam cargos técnicos do surf nacional como Mauro Aichme ‘Rabelé’, Pedro Falcão e Sérgio Gadelha estão entre as assinaturas neste manifesto. Catarinenses também assinaram o manifesto como, o diretor técnico e vice-presidente da Federação Catarinense de Surf, Jordão Bailo Júnior, Flávio Caldas Melo e Aurélio Ramos.

Segundo Aurélio Ramos, ex vice-presidente da Fecasurf região Norte/SC, juiz e head judge da entidade e comentarista esportivo, “Este manifesto dos diversos profissionais ligados aos eventos de surf, todo o trade de trabalho que se dedica há décadas para o surf brasileiro, corresponsáveis por este momento, como títulos mundiais e medalhas olímpicas, momento ímpar, neste momento não poderíamos ficar omissos com esta situação do surf brasileiro“.

Esta situação da CBSurf, o órgão soberano do surf amador brasileiro já esteve em boas mãos, quando ainda era a ABRASA – Associação Brasileira de Surf Amador -, mas, nas mãos do atual presidente, Adalvo Argolo, está sendo simplesmente vergonhoso. Descasos com as competições, deixando atletas na mão, não participando de eventos importantes“.

Sobre o momento competitivo da CBSurf, “Em nível de competições por Seleções, nós estamos fazendo campanhas ridículas, pois estamos sendo geridos de forma equivocada pelo senhor Adalvo. Este é um manifesto democrático, das pessoas que estão envolvidas com o surf no Brasil inteiro. E muitas delas abriram mão de participar dos eventos da CBSurf, e hoje encontramos federações mais organizadas que a confederação“.

Esperamos que a justiça brasileira de um caminho final para esta passagem nefasta desta diretoria da CBSurf, para que o surf brasileiro possa respirar novamente, e que possamos voltar a ser aquela equipe vencedora. Para que possamos ter grandes eventos no Brasil inteiro, e que a Justiça de logo a condição da CBSurf ser tocada por pessoas ligadas ao surf, pensando no surf, fazendo surf crescer” finaliza Aurélio.

Segue abaixo, na íntegra, o ‘Manifesto de Membros Técnicos do Brasil’

'MANIFESTO DOS “MEMBROS TÉCNICOS DO BRASIL”, EM RELAÇÃO À ATUAL GESTÃO, COM MANDATO VENCIDO DA CBSURF'

A Comissão Técnica que trabalha com profissionalismo, dedicação, respeito aos atletas e ao surf brasileiro, composta por Head Judge, Árbitros de Surf, Tour Manager, Locutores, Spotter, Beach Marshall, Segurança de Água, Operadores de sistema de notas, Fotógrafos, cinegrafistas, Diretores de Imagem, Profissionais em transmissões pela web, Assessores de Imprensa e comunicação, vêm pelo presente documento, manifestar o seu repúdio e indignação à atual gestão da diretoria da CBSurf.

Viemos através deste manifesto, nos posicionarmos a respeito dessa gestão que não condiz com a moralidade com a qual o esporte deve ser gerido.
Após cinco decisões judiciais, foi formada uma nova Comissão de Atletas, eleita de maneira direta, transparente e democrática como exige a lei e em substituição a comissão de atletas que supostamente existia mas que foi considerada ilícita pelo judiciário. Em um momento ímpar em toda a história do surf nacional, a CBSurf insistiu em descumprir várias decisões judiciais e hoje os atletas lutam por mudanças.

Ressaltamos também o posicionamento do manifesto feito por doze das quinze Federações Estaduais do país que demonstraram toda a sua indignação e repúdio ao atual modelo dessa gestão que desrespeita a suas afiliadas, as leis brasileiras, a boa governança e o estatuto da Confederação.
Nesse contexto, houve ainda a união das chapas encabeçadas por Flávio Padaratz (Teco) e Jocélio de Jesus (Jojó), formadas por Paulo Moura, Carlos Burle, Brigite, Pinga, Picuruta Salazar, Ricardo Bocão, Jaqueline Silva entre outros nomes históricos respeitáveis por seus serviços prestados ao surf brasileiro em toda sua história. Uma união feita em torno de um objetivo comum: A reestruturação, moralização, respeito aos atletas e ao surf brasileiro.

Com tudo isso exposto, todos nós membros da “Comissão Técnica” do Brasil, não poderíamos ficar sem nos posicionarmos. Especialmente diante de uma gestão que causou e causa danos irreparáveis para toda a Comunidade do Surf.

Estamos falando de toda uma cadeia profissional que vem sofrendo há mais de 10 anos com esse modelo de gestão arcaico, irresponsável e inepto.
Fortalecendo ainda mais a nossa convicção, reiteramos a urgência no cumprimento da decisão judicial proferida pelas duas instâncias (Desembargador e Juiz de Direito), que exige a realização de eleição para nova diretoria da CBSurf. É urgente pois o surf está parado e todos pedem mudanças.

É profunda a nossa responsabilidade como membros técnicos com o surf nacional. Por isso exigimos, como foi determinado pelo judiciário brasileiro, que ocorra um processo eleitoral lícito e transparente para a nova diretoria da CBSurf.

Conclamamos todos os membros técnicos em seus respectivos estados, para que se posicionem, assinando o manifesto, informando a sua função e estado com nome completo e RG ou CPF por dias melhores e mais felizes para todo o surf brasileiro.

Atenciosamente;

Head Judge, Árbitros de Surf, Tour Manager, Locutores, Spotter, Beach Marshall, Segurança de Água, Operadores de sistema de notas, Fotógrafos, Cinegrafistas e Diretores de Imagens, Profissionais em transmissões pela web, Assessores de Imprensa e comunicação.

Outubro de 2021.’

Saiba mais no Vision Surf, clicando aqui

Abaixo o manifesto de Repúdio 

(Clique aqui para ler o documento original)


MANIFESTO DOS "MEMBROS TÉCNICOS DO BRASIL", EM RELAÇÃO À ATUAL GESTÃO, COM MANDATO VENCIDO DA CBSURF 

 A Comissão Técnica que trabalha com profissionalismo, dedicação, respeito aos atletas e ao surf brasileiro, composta por Head Judge, Árbitros de Surf, Tour Manager, Locutores, Spotter, Beach Marshall, Segurança de Água, Operadores de sistema de notas, Fotógrafos, cinegrafistas, Diretores de Imagem, Profissionais em transmissões pela web, Assessores de Imprensa e comunicação, vêm pelo presente documento, manifestar o seu repúdio e indignação à atual gestão da diretoria da CBSurf. 

Viemos através deste manifesto, nos posicionarmos a respeito dessa gestão que não condiz com a moralidade com a qual o esporte deve ser gerido. 

Após cinco decisões judiciais, foi formada uma nova Comissão de Atletas, eleita de maneira direta, transparente e democrática como exige a lei e em substituição a comissão de atletas que supostamente existia mas que foi considerada ilícita pelo judiciário. Em um momento ímpar em toda a história do surf nacional, a CBSurf insistiu em descumprir várias decisões judiciais e hoje os atletas lutam por mudanças. 

Ressaltamos também o posicionamento do manifesto feito por doze das quinze Federações Estaduais do país que demonstraram toda a sua indignação e repúdio ao atual modelo dessa gestão que desrespeita a suas afiliadas, as leis brasileiras, a boa governança e o estatuto da Confederação. 

Nesse contexto, houve ainda a união das chapas encabeçadas por Flávio Padaratz (Teco) e Jocélio de Jesus (Jojó), formadas por Paulo Moura, Carlos Burle, Brigite, Pinga, Picuruta Salazar, Ricardo Bocão, Jaqueline Silva entre outros nomes históricos respeitáveis por seus serviços prestados ao surf brasileiro em toda sua história. Uma união feita em torno de um objetivo comum: A reestruturação, moralização, respeito aos atletas e ao surf brasileiro. 

Com tudo isso exposto, todos nós membros da "Comissão Técnica" do Brasil, não poderíamos ficar sem nos posicionarmos. Especialmente diante de uma gestão que causou e causa danos irreparáveis para toda a Comunidade do Surf. 

Estamos falando de toda uma cadeia profissional que vem sofrendo há mais de 10 anos com esse modelo de gestão arcaico, irresponsável e inepto. 

Fortalecendo ainda mais a nossa convicção, reiteramos a urgência no cumprimento da decisão judicial proferida pelas duas instâncias (Desembargador e Juiz de Direito), que exige a realização de eleição para nova diretoria da CBSurf. É urgente pois o surf está parado e todos pedem mudanças. 

É profunda a nossa responsabilidade como membros técnicos com o surf nacional. Por isso exigimos, como foi determinado pelo judiciário brasileiro, que ocorra um processo eleitoral lícito e transparente para a nova diretoria da CBSurf. 

Conclamamos todos os membros técnicos em seus respectivos estados, para que se posicionem, assinando o manifesto, informando a sua função e estado com nome completo e RG ou CPF por dias melhores e mais felizes para todo o surf brasileiro. 

Atenciosamente; 

Head Judge, Árbitros de Surf, Tour Manager, Locutores, Spotter, Beach Marshall, Segurança de Água, Operadores de sistema de notas, Fotógrafos, Cinegrafistas e Diretores de Imagens, Profissionais em transmissões pela web, Assessores de Imprensa e comunicação. Outubro de 2021.

    Palavras-chave
  • Coluna
  • Eduardo
  • Rosa
  • manifesto
  • surfe
  • CBSURF
  • diretoria
  • Surfemais
  • mandato
  • vencido
  • Brasil
  • Brazil
  • surf
  • Tweet
Atenção

As opiniões de nossos colunistas não expressam necessariamente a opinião do Portal AHora e são de responsabilidade dos mesmos. O espaço é aberto para a expressão pessoal, independentemente de credo, linha de atuação ou posição política, de acordo com a forma que cada um de nossos colunistas vê e sente o mundo.


As melhores publicações e novidades no seu e-mail.

logo

Informações, negócios e cultura local atualizados diariamente.

Fale Conosco

48 9 9115.3099
Inbox no Facebook

portalahora@gmail.com

Localização

Imbituba - SC Brasil